Posts Tagged ‘youtube’

Google Plus Vinculará páginas com canais do Youtube

20/11/2012

Youtube Google Plus

 Na próxima semana os usuários do Google Plus, poderão vincular páginas com canais do Youtube.

Até o presente momento só era possível incorporar perfis pessoais com serviços de hospedagem e compartilhamento de vídeos da empresa.

Case Youtube – AXE

22/09/2012

Em um anúncio para explicar a diferença entre antitranspirantes e perfume para o corpo, feito especialmente para o YouTube, a marca de desodorante Axe utiliza os cinco segundos em que o internauta é obrigado a ver a publicidade veiculada junto aos vídeos da rede para desafiar seu público-alvo a assistir ao vídeo inteiro.

Na propaganda, duas mulheres sensuais tentam prender a atenção do internauta até elas ensinarem como funciona cada produto. O vídeo atingiu mais de 700 mil visualizações em 3 semanas. O sucesso da campanha foi comprovado, pois as exibições no canal da marca aumentaram quase 400%, atingindo 316 mil visitas. Além disso, mais de 1000 tweets espontâneos foram gerados sobre o filme.

“O formato teve um aumento na visualização de 25% do vídeo (equivalente a 7,5 segundos), ou seja, a taxa média subiu de 40 – 42% para 60%, o que revela que a mensagem foi transmitida, além de entregar um resultado superior a um ‘true view tradicional’ mantendo a atenção do internauta por mais tempo”, acrescenta Rafael Lopes, gerente de marketing de Axe. A ação foi criada pela agência New Content, em parceria com a CUBOCC.

Assista ao vídeo:

Fonte: Portal FBDE NEXION

Case Youtube – Spoleto

07/09/2012

SpoletoO Spoletose valeu do sucesso de um vídeo produzido pelo site de humor Kibe Loco e fechou parceria para dar continuidade ao quadro que criticou a marca. Lançado há cerca de quinze dias, o vídeo original trazia o humorista Fábio Porchat no papel de atendente de um restaurante com características semelhantes ao Spoleto.

No roteiro, Porchat maltrata os clientes ao exigir que eles decidam pelo seu prato o mais rápido possível, em uma clara alusão à rede especializada em massas.

Diante da repercussão do material publicado no Youtube com mais de 430 mil visualizações, a marca decidiu produzir um segundo vídeo, uma continuação direta da cena, onde Porchat é repreendido pela chefia e precisa repensar suas atitudes. Ao final, o Spoleto pede desculpas aos seus consumidores e pede que eles reportem qualquer caso semelhante à rede.

Fonte: Mundo do Marketing

Case Youtube – Nissan – Pôneis Malditos

14/08/2012

Pôneis Malditos

Após constatar a queda da popularidade da marca frente ao público-alvo brasileiro, a montadora Nissan resolveu reagir, com uma campanha de Marketing Digital ousada, mas que vingou!

Junto à agência Lew&Lara/TBWA, a Nissan lançou no dia 01º de agosto a nova campanha, intitulado “Pôneis Malditos” com versão para TV e outra para internet, ousando no potencial viral.

“Como nossas pesquisas detectaram baixa lembrança da marca entre os consumidores brasileiros, queríamos um comercial que fosse alegre, divertido, que as pessoas sentissem prazer em comentar com os amigos no boteco, além de ser recomendado nos e-mails e nas redes sociais”, diz Murilo Moreno, diretor de marketing da Nissan do Brasil.

Em 48 horas o vídeo já atingiu um milhão de visualizações, no YouTube, e em menos de uma semana passou a fronteira dos 4 milhões. Isso deve-se ao alto impacto que causou nos internautas, levando a hashtag #poneismalditos às primeiras posições do TopTrends, no Twiiter, durante dois dias inteiros e das mais de 300 mil recomendações recebidas.

Sim, a Nissan arriscou ter a marca jogada na mesma lama que seus fofos pôneis também detestam, mas o resultado foi positivo: o vídeo viralizou e isso deve-se ao fato de atender aos princípios que impulsionam a popularização de uma campanha no Youtube.

. Personagens comuns causam simpatia: Como não olhar para o “maldito pônei” e lembrar de algo fofo, da infância?

. Hits musicais: A utilização de uma melodia de cantiga de rola para a campanha foi assertiva, pois é familiar à qualquer brasileiro, o que contribui para a fixação da música, por assimilação.

. Boas histórias bem contadas chamam a atenção: Qual motorista nunca se viu com problemas com seu carro? Em trilhas e chuvas, é muito comum ver os carros atolados na lama, caso o motor não tenha um bom arranque. Bem, temos aqui mais uma identificação, uma história bem contada com um tom sarcástico gerando humor.

. Gere polêmicas, mas não ofenda: Não importa se falarão bem ou mal do pônei, o que vale é que ele gera polêmica, contradiz o que se espera, em especial quando apresentam a face demoníaca do “fofo” pônei cor de rosa.

E como se não fosse suficiente, o vídeo ainda oferece um URL que te leva à página personalizada da Nissan, no Facebook, que lhe permite interação, gravando e distribuindo vídeos com as mais diversas “maldições” criadas, para seus contatos, gerando relacionamento da página/marca com o público.

Fonte: Konfide Marketing Digital